top of page
  • André Ramm

30º Campeonato Colonial Chave B - Jogos de volta e estatísticas

Neste domingo, 13 de agosto, serão conhecidos os finalistas do 30º Campeonato Colonial Chave B/Copa Distribuidora de Bebidas do Alemão, na quadra do Rosário da Favila, com a realização dos jogos de volta das quartas de finais, a partir das 13h.


Confira a programação das partidas e os dados estatísticos do certame nas duas categorias.


Jogos de volta - Rosário - 13/08/2023 (Domingo) - Início: 13h


1º Jogo: Rosário x Avenida da Costa - Principal

2º Jogo: Ledebuhr x Bergmann - Entre Famílias

3º Jogo: Principal

4º Jogo: Principal

5º Jogo: Voss x Schmalfuss - Entre Famílias

6º Jogo: Principal


A ordem dos demais confrontos da categoria principal será sorteada no intervalo do 1º jogo. São os seguintes:


Estrela x Renovação

Havaí x Tijuana

Canguçu Velho x Cruzeiro


O atleta que marcar o 1º gol da rodada (nº 600 do campeonato), levará um latão de cerveja.


Na categoria entre famílias é jogo único, se a partida terminar empatada no tempo normal terá prorrogação, com vantagem do empate para o 1º e o 2º colocado de cada chave na 1ª fase (Ledebuhr e Schmalfuss).


Na categoria principal são jogos de ida e volta, onde os 4 primeiros colocados jogam por 2 empates no tempo normal. Se cada time vencer 1 jogo terá prorrogação, com vantagem do empate para os 4 primeiros colocados na 1ª fase (Estrela, Rosário, Havaí e Canguçu Velho).


Terá uma copa bem sortida, com bebidas e lanches variados.

A equipe que mais consumir na copa ganhará um fardo de cervejas.

Presença da Sonorização Stetsom com músicas, informações e a comunicação de Elizandro Elert e André Ramm.


Após o término da última partida acontecerá uma reunião com as equipes interessadas em realizar a grande final, no dia 27 de agosto.


Dados estatísticos:

Nº de jogos: 150

Nº de gols: 599 (média de 3,99 por jogo)

Nº de cartões amarelos: 301 (média de 2 por jogo)

Nº de cartões vermelhos: 27 (média de 0,18 por jogo)


Não tem atletas pendurados ou suspensos.

Somente estão suspensos atletas e técnicos com relatório ou comunicado nos demais Campeonatos Vinculados.


Estatísticas da Categoria Principal:


Disciplina (em 17 jogos):

Cruzeiro e Estrela - 14 cartões amarelos

Avenida da Costa - 16 cartões amarelos


Defesa menos vazada (em 17 jogos):

Estrela - 15 gols sofridos

Rosário - 16 gols sofridos

Cruzeiro - 19 gols sofridos

Havaí e Tijuana - 23 gols sofridos


Melhor ataque (em 17 jogos):

Estrela - 69 gols marcados

Havaí - 59 gols marcados

Rosário - 53 gols marcados

Canguçu Velho - 38 gols marcados


Goleadores:

Maicon Hartwig (Canguçu Velho) - 17 gols

Luciano Schellin "Lulinha" (Havaí) - 16 gols

Patrício Grutzmann (Estrela) - 14 gols

Éder Stiffter (Estrela) - 12 gols

Léo Fonseca (Rosário) e Vilson Alex Fonseca Mesquita "Sedex" (Avenida da Costa) - 11 gols

Magno Centeno Duarte "Zizinho" (Havaí) - 10 gols

Guilherme Weege (Estrela) e Tiales Timm (Tijuana) - 9 gols

Darlen Schmalfuss (Rosário) e Luciano Peter (Renovação) - 8 gols

Gustavo Milech (Havaí), Jonatas Siefert Neitzke "Pistola" (Avenida da Costa), Marciano Taubenhein (Renovação) e Tiago Blodorn Duarte "Tuchinha" (Rosário) - 7 gols

Diego Ludtke (Estrela), Eduardo Silva "Dudu" (Havaí), Márcio Voss Rusch (Rosário), Rogério Retzlaff (Cruzeiro), Alex Iorran Ledebuhr Scherdien e Vander Bierhals Schellin (C. Velho) - 6 g.

Elias Radatz Pribe (Cruzeiro), Jonathan Oliveira "Didio" (Havaí), Aldécio Ledebuhr e Denilson Ledebuhr Schellin (Tijuana), Clésio Sell e Leandrinho Vahl (Estrela) - 5 gols


Estatísticas da Categoria Entre Famílias:


Defesa menos vazada:

Família Ledebuhr - 6 gols sofridos

Família Siefert e Família Voss - 9 gols sofridos


Goleadores:

Vander Bierhals Schellin (Família Schellin) - 9 gols

Darlen Schmalfuss (Família Schmalfuss) - 7 gols

Alex Iorran Ledebuhr Scherdien (F. Ledebuhr) e Gilvan Bergmann (Fam. Bergmann) - 6 gols

Denilson Ledebuhr Schellin (Família Ledebuhr), Lucas Schmalfuss Mulling (Fam. Schmalfuss) e Luciano Schellin "Lulinha" (Família Schellin) - 5 gols

Leandrinho Vahl (Família Vahl) - 4 gols

Yuri Tael Ledebuhr (Família Ledebuhr) - 3 gols

Luís Bergmann Bierhals (Família Bergmann) - 3 gols

Maurício Reichow Schellin "Marreco" (Família Schellin) - 3 gols

Cristian Albrecht Voss e Marcelo Voss Rusch (Família Voss) - 3 gols

Douglas Voss (Família Voss) - 2 gols

Gilson Vahl "kivik" (Família Vahl) - 2 gols

Ariel Ledebuhr Retzlaff (Família Ledebuhr) - 2 gols

Juliano Bergmann Braun (Família Bergmann) - 2 gols

Lauro Schmalfuss Mulling (Família Schmalfuss) - 2 gols

Derick Schellin e Juliano Schellin "Juju" (Família Schellin) - 2 gols


Havaí (foto), enfrenta o Tijuana na disputa por uma vaga entre os quatro finalistas



277 visualizações0 comentário
bottom of page